• Você está em: 
  • Home

05/07/2016 - BANDEIRA RECEBE DA ALERJ TÍTULO DE CIDADÃO DO ESTADO DO RIO

Mais de 200 pessoas, entre sindicalistas e trabalhadores estiveram presentes ao plenário da Assembleia Legislativa no último dia 30, prestigiando Fernando Bandeira que recebeu na ALERJ o título de Cidadão de Estado do Rio de Janeiro. A iniciativa foi dos deputados Luis Martins (PDT) e Paulo Ramos (PSOL).



 Luiz Martins abriu a solenidade dizendo ser uma honra, como parlamentar e militante do PDT entregar o título a Fernando Bandeira que honrou esta Casa como brilhante deputado que mereceu do plenário nota dez, como deputado constituinte e também pela fidelidade aos ideais de Brizola, nossa liderança maior.

 Paulo Ramos falou sobre a importância de homenagear Bandeira, por seu grande protagonismo político, que começou muito cedo, quando veio da Paraíba como aprendiz de marinheiro, tendo sido preso pelos militares e posteriormente anistiado por sua participação na rebelião dos marinheiros em 1964. Organizou depois várias categorias de trabalhadores em sindicatos para que pudessem lutar por seus direitos. Foi deputado estadual nesta casa, desempenhando seu mandato tão bem que teve nota 10 como deputado constituinte. Participou dos esforços de construir um Brasil soberano, coerente com as lutas do PDT sob orientação de Brizola. Conclui dizendo que Fernando Bandeira a partir de hoje é Cidadão do Estado do Rio de Janeiro, e eu e o deputado Luiz Martins, temos a honra de conceder-lhe esta justa homenagem.


Sindicalistas destacam a atuação do Bandeira

 Sérgio Luiz, presidente da Federação dos Vigilantes e vice presidente da Nova Central Sindical dos Trabalhadores, representando respectivamente os presidentes da NCST do Rio, Sebastião José, e da NCST nacional, José Calixto Ramos. Ressaltou ter aprendido muito com Bandeira em sua convivência com ele no Sindicato dos Vigilantes, principalmente quando os direitos dos trabalhadores da vigilância privada, muito explorados pelos patrões, ficam em perigo. A homenagem é mais que justa, parabenizando os dois deputados pela homenagem



 Antonio Carlos Oliveira, presidente do Sindicato dos Vigilantes do Rio, enfatizou a luta constante de Bandeira em organizar as várias categorias de trabalhadores. É muito importante homenagear Bandeira neste momento triste por que passa o Estado do Rio de Janeiro, com a administração desastrosa dos governos, tanto o anterior como o atual, que levaram o estado à bancarrota, não podendo sequer honrar o compromisso de pagar os salários dos servidores estaduais. Neste contexto, os trabalhadores terceirizados, como os vigilantes, sofrem mais, pois são os mais explorados e sacrificados, principalmente aqueles que prestam serviços ao governo do Estado. Sente-se honrado em participar desta homenagem.


 Leonardo Motta, presidente do Sindicato dos Policiais Civis acha oportuna a homenagem ao Bandeira neste contexto de crise do Estado, cuja administração perdoou dívidas milionárias de empresas, alem de conceder-lhes insenções bilionárias, que prejudicaram os servidores estaduais que estão sem receber os salários e quando recebem é parcelados.

 Na luta constante em defesa dos trabalhadores, Bandeira foi vitima das chefias por apoiar a greve dos servidores da segurança pública em 2012, passando a responder vários inquéritos. Foi processado e inocentado pela Corregedoria da Polícia Civil. Conclui dizendo que os deputados têm que lutar para reverter a triste situação que se encontra o Estado do Rio, ajudando o executivo a superar o “ Estado de Calamidade Pública”.

 Deuzélio, presidente da Federação da Alimentação e dirigente da NCST em âmbito estadual e nacional, disse que Bandeira gravou seu nome na ALERJ, como deputado combativo e leal aos trabalhadores. Relembrou as jornadas de lutas dos trabalhadores logo que o presidente Lula tomou posse e pretendeu fazer a reforma sindical/trabalhista. Bandeira foi o baluarte do inconformismo dos trabalhadores, unindo os vários sindicalistas no Fórum Sindical dos Trabalhadores, cujas primeiras reuniões foram feitas no sindicato presidido por ele. Graças a estas mobilizações as reformas não foram feitas. Conclui dizendo que os trabalhadores não podem esquecer os feitos de Bandeira, suas lutas, sendo esta homenagem hoje, muito importante.

 Luiz Sacramento, presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus do Rio de Janeiro, parabenizou os deputados, Paulo Ramos e Luiz Martins pela feliz iniciativa. Disse que tem aprendido muito na convivência com Bandeira, sobre a defesa dos direitos trabalhistas. Bandeira tem sido uma escola tanto para ele como para seus companheiros. Conclui dizendo ser muito importante esta homenagem neste momento em que perigam as conquistas trabalhistas.


 Bandeira agradece em princípio a presença dos sindicalistas, estando muito feliz com a presença de todos, amigos, funcionários do Sindicato, companheiros da Nova Central, do PDT e de seus familiares. Para ele ser cidadão carioca é uma grande honra. Se orgulha de estar nesta cidade, onde, tudo que acontece repercute nacionalmente.



Aqui foi o cenário de sua atuação política, como parlamentar em dois mandatos e como militante de um partido que teve o comando de uma liderança como Leonel Brizola. Aprendeu muito neste caminhar e está muito feliz em receber esta bela homenagem. Aos deputados o meu muito obrigado e a todos que aqui vieram meu sincero agradecimento. 
Veja o vídeo da TV ALERJ no link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=ZFy1-zRjjkg


Destaques da Semana

24 Novembro
NOTA PÚBLICA SOBRE HOSTILIDADES SOFRIDAS POR JORNALISTA E SINDICALISTAS
Clique aqui para ver mais

Cadastre-me

Desejo receber notícias do SINPOL em meu email!