• Vocâ está em: 
  • Home
  • Not�cias

16/03/2020 - POLÍCIA CIVIL SUSPENDE ATENDIMENTO PRESENCIAL EM DELEGACIAS DO RJ POR 15 DIAS

Seguindo decreto de combate ao coronavírus, Secretaria de Polícia Civil restringiu funcionamento das delegacias a casos urgentes, como homicídio, roubo e prisões em flagrante

Por Marion Monteiro, G1 Rio


A Polícia Civil suspendeu o atendimento presencial em todas as delegacias do estado do Rio de Janeiro por 15 dias como parte das ações de combate ao coronavírus. A decisão foi publicada nesta sexta-feira (13) no Boletim Informativo da Secretaria de Estado da Polícia Civil.

Neste sábado, as delegacias já estavam com um aviso na porta, informando sobre o novo regime de funcionamento. A decisão segue o decreto do governador do RJ, Wilson Witzel, que proíbe aglomerações, suspende aulas e restringe atividades de órgão públicos, entre outras medidas.

CONFIRA AS MEDIDAS PREVENTIVAS

A resolução SEPOL nº 116/2020 abre exceções para casos emergenciais:

Roubos de veículos;

Casos em que possa ocorrer o perecimento da prova, demandando imediata intervenção policial;

Homicídios e remoções de cadáver;

Autos de prisão em flagrante;

Outros casos, a critério da autoridade policial ou dirigente do órgão, em que seja configurada hipótese de emergência

Nesse período, os policiais vão trabalhar remotamente, usando os sistemas e aplicativos próprios da Polícia Civil e seguindo o mesmo horário de trabalho.

O decreto estabelece que as chefias dos órgãos subordinados à Secretaria de Polícia Civil vão fazer escalas de trabalho e garantir que pelo menos um servidor esteja presencialmente no órgão diariamente.

A decisão também proíbe emissão de passagens aéreas e diárias, e cancela todos os eventos pelo prazo de 15 dias.

Nesse período, as vítimas de crime não deverão ser encaminhadas aos hospitais públicos a não ser em caso de emergência médica.