• Vocâ está em: 
  • Home
  • Notícias

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

05/02/2021 - SINPOL VISITA DELEGACIAS DA CIDADE DA POLÍCIA E DO AEROPORTO GALEÃO

SINPOL VISITA DELEGACIAS DA  CIDADE DA POLÍCIA, ZONA NORTE E DO AEROPORTO

O SINPOL tem percorrido as delegacias de toda a cidade e Baixada Fluminense, entregando o jornal, calendário 2021 e ouvindo os policiais com suas queixas e sugestões. Nos dias 2 e 3/02 a equipe do Sindicato esteve nas delegacias da Cidade da Polícia, Ilha do Governador, Aeroporto, Penha, Bonsucesso. Na 37ª DP Ilha do Governador, jovens policiais, temendo serem “bicados” não quiseram se identificar, mas frisaram que, desde que entraram para a PCERJ, não receberam reajuste salarial. Também reclamaram do valor do tíquete refeição e do vale transporte que é uma vergonha. Outro problema apontado por eles é a falta de efetivo que obriga um policial a trabalhar por três.

                            Falta de pessoal se agrava em todas as delegacias

Na maioria das delegacias visitadas, todos reclamam da falta de pessoal e querem que o estado promova urgentemente o concurso para preencher as vagas existentes. Sem o pessoal de limpeza e terceirizados no atendimento ao público, o policial acaba ficando sobrecarregado. Das 864 vagas autorizadas pelo governo estadual, 73 são de caráter de urgência, como explicou numa Live o governador em exercício, Cláudio Castro. As vagas estão assim distribuídas: perito legista (54), inspetor de polícia (597), técnico de necropsia (16), auxiliar de necropsia (12), delegado (47), perito criminal (20) e investigador policial (118).

O início das provas está previsto até o fim de junho. As bancas examinadoras do concurso ainda estão sendo escolhidas. Na 22ª DP Penha, o diretor do SINPOL, Pedro Jesuíno, encontrou um velho conhecido de dança dos clubes da Zona Norte e Polícia Militar – o inspetor Martins. Ele também reclamou da falta de efetivo para que a Polícia Civil alcance melhores resultados.

                           Policiais querem plano de saúde pago pelo Estado

Na Delegacia de Defraudações, Cidade da Polícia, o inspetor Jupiraí reclamou de um plano de saúde pago pelo estado, pois a policlínica do Estácio só tem atendimento ambulatorial/consultas. Ele conversou com o inspetor Denilson (SINPOL), que recentemente fez um procedimento hospitalar para melhorar da hérnia de disco inflamada. Fez num hospital particular. Jupiraí disse que é um absurdo a Polícia Civil não ter um hospital próprio como tem a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros

Nesses dois dias a equipe esteve formada pelos inspetores, Pedro Jesuíno e Denílson, com o apoio de Berenaldo Lopes (colaborador) e Cláudio José (assessoria de imprensa).


1ª Foto - Acima o inspetor, Jupiaçu (sentado, na Cidpol), com o inspetor Denilson.
2ª Foto - Inspetor Jesuíno, diretor do SINPOL, com um jovem policial
,