• Você está em: 
  • Home
  • Notícias

09/11/2017 - SINPOL COBRA PAGAMENTO DE POLICIAIS NA MANIFESTAÇÃO DE ONTEM

Chega de Calote! A paciência Acabou!

Este foi o chamado de todas as categorias de servidores públicos estaduais, integrantes do Muspe, para manifestação e protesto que ocorreu em frente a ALERJ  na tarde desta quarta feira, dia 08/11. Os servidores públicos reivindicaram atraso no salário, restabelecimento no calendário, cumprimento das promoções, entre outros.

O presidente do Sinpol, Fernando Bandeira, disse em entrevista, que os policiais civis do Rio de Janeiro além de trabalharem com o efetivo baixo prejudicando as investigações, ainda tem que lhe dar com atraso no salário, espera do 13º de 2016 e ter esperança de receber o 13º de 2017 em dia.

Bandeira da entrevista - Rede Record de Televisão

- O Governo deve respeitar os policiais para que possamos dar a respostas nas investigações, que é o fator primordial da policia civil. Disse Bandeira.

Prates, diretor do SINPOL, também levantou a questão do baixo efetivo prejudicando todo trabalho da policia civil. Hoje não temos nem 1/3 do que deveríamos ter. As investigações estão paradas. A quem interessa isso pois o Governo não quer que investiguem Incomoda a ele uma investigação!

(E) ao microfone o residente do SINPOL, Bandeira e o diretor Prates.

Prates diz ainda que temos muitos policiais aptos a investigar e não ficar só na delegacia recebendo novas ocorrências, novos registros, sem ter tempo para estudar as investigações, com isso, prender criminosos e tranquilizar a população. Tem que dar um basta a isso e tratar os policiais com respeito pagando dignamente e contratando mais policiais. Outro problema que desanima todo o policial é que o governo não cumpre cm o combinado, como  o caso do RAS e premiação de metas e resultados, que ainda não foi pago.

Os policiais civis reivindicam atraso no salário, décimo terceiro de 2016 e 2017, pagemento do RAS e Premiação de metas, horas excedentes, adicional noturno, efetivo, plano de saúde pago pelo Estado. Uma comissão do MUSPE foi recebida pelo presidente da ALERJ Jorge Picciani e uma reunião com Pezão foi agendado para o dia 16/11.


ASSISTA A REPORTAGEM DA REDE RECORD DE TELEVIS?O

https://noticias.r7.com/rio-de-janeiro/rj-record/videos/protesto-de-servidores-do-rj-termina-em-confusao-08112017

ASSISTA A REPORTAGEM DA TVT - TV DOS TRABALHADORES

http://www.tvt.org.br/no-rio-de-janeiro-servidores-protestam-contra-a-crise-no-estado/